Tempo de Leitura: 3 minutos

Algumas pessoas têm tempo e estão satisfeitas com o uso do seu tempo…pessoas estranhas!

Hoje não vou falar sobre essas pessoas mas dar-lhe dicas sobre o que pode fazer para não ter tempo. Se seguir algumas destas indicações, garanto-lhe que realizará este objetivo sem grande esforço.

Já fazia falta um artigo sobre este tema. 🙂

1. Mantenha a ilusão de que está a fazer muitas coisas ao mesmo tempo

Este é o segredo para não ter tempo! Se há uma área onde quer investir já para ter mais resultados é esta!

Trabalhe em modo multitasking, veja o email, atenda o telefone, escreva um relatório, volte ao email para ver o novo email que acabou de chegar, responda ao colega. Faça, faça, faça!

Se alguém lhe disser que assim está a perder tempo, faça-lhes má cara, diga-lhes que é esse o seu objetivo e que é impossível trabalhar de outra maneira, que a sua função não permite, que tem muitas responsabilidades e precisa de estar SEMPRE contactável.

Evite criar períodos de foco ao longo do dia para realizar tarefas que requerem concentração. Mantenha as notificações todas a apitar.

Comece o dia a ver o email e a dar resposta. Se passar a manhã perdido no email, melhor!

Estas estratégias vão ajudar a que leve pelo menos mais 30% do tempo a fazer o seu trabalho. Garantido!

2. Evite pensar muito sobre o tempo que tem disponível e o que tem para fazer

Primeiro, evite ter uma lista de tarefas e nem pense em dar-lhes datas para serem realizadas.

Depois, não pense em quanto tempo cada atividade demora nem quando a pode fazer. Obviamente nem pense reservar tempo na sua agenda fazer algumas atividades importantes.

Repare que se não souber quanto tempo cada atividade vai demorar e quanto tempo tem disponível, se continuar a dizer a sim que tudo, rapidamente vai chegar ao momento em que tem mais coisas para fazer do que tempo disponível. Tchanam!

3. Deixe o tempo passar

Nunca, nunca decida quanto tempo uma atividade demora ou quer investir nela. Também não vá avaliando quanto tempo está a passar enquanto realiza essa atividade, nem tome decisões para ser mais eficiente ou evitar perfecionismos sem valor ao longo da atividade.

Lembre-se da lei de Parkinson ““O trabalho se expande de modo a preencher o tempo disponível para a sua realização”.

Se o tempo for ilimitado, vai demorar muito mais tempo a fazê-la.

4. Faça coisas que não são importantes

Durante o dia escolha fazer várias coisas que não são importantes porque não lhe apetece fazer outras ou porque quer tirar isso da sua cabeça. Não pense se vale mesmo a pena fazê-las, se as pode simplificar ou se pode fazer noutra altura.

Leia também as notícias online e vá às redes sociais várias vezes ao dia “só 5 minutos para descontrair”. Evite tomar consciência do tempo que investe nestas atividades.

Ajuda bastante nunca parar para decidir quais são as coisas importantes que quer realizar numa semana e num dia. Assim será mais fácil de evitar tomar a decisão de fazer coisas importantes.

5. Mantenha-se cansado e sem energia

Faça o que tiver que fazer para baixar os níveis da sua energia física e mental. Dormir pouco é uma das estratégias com maior impacto. Tenha uma alimentação pouco saudável. Não beba água nem pratique exercício.

Nem pense em fazer pausas ao longo do dia, para sociabilizar, descontrair e descansar. Aparentemente isso pode parecer uma estratégia para gastar tempo mas na prática pode aumentar o seu nível de energia e por em risco o seu objetivo de não ter tempo.

Mantenha-se num nível alto de cansaço para que demore mais a fazer cada atividade.

6. Aceite que não há nada que possa fazer para ter mais tempo, é uma realidade dos tempos

Nunca (mas nunca!) pare para avaliar como correu a sua semana e como podia ter criado mais tempo. Nunca. Aceite que não há nada que possa fazer. Não aprenda com os erros. Repita-os se possível.

FERRAMENTAS

O que faço quando está tudo a cair?

Se me perguntarem o que é mais importante para mim quando está tudo a cair ao mesmo tempo e eu estou atolada em projetos, telefonemas e emails, os MEUS três “essenciais” (são os meus mas posso emprestar)...

read more

Para conduzir o dia (e a vida)

“Quando não conduzimos o nosso dia, ele conduz-nos a nós.” Tenho muito esta frase do Jim Rohn presente no meu dia-a-dia pois reconheço pessoalmente a dificuldade de conduzir o dia para viver a vida que...

read more

AO COMANDO DA OBJETIVO LUA

Ana Relvas, Ph.D & Consultora de Desempenho

Ana Relvas é a propulsora da Objetivo Lua, projeto que cresceu da sua vontade em ajudar outros a concretizarem o seu potencial e foi construído sobre uma carreira de mais de 10 anos como Gestora e Engenheira Aeroespacial.

É esta experiência que, aliada à formação como Coach e Master Practitioner em Programação Neurolinguística, permite entender os desafios profissionais atuais e desenhar programa para cada pessoa, equipa ou empresa.

 

 

 

Soluções   Cursos   Recursos
Quem Somos   Blog   Contactos

 

 

 

Copyright © 2018 Objetivo Lua. Todos os direitos reservados. Powered by Business Config.

0