Tempo de Leitura: 2 minutos

“Qual o sentido da vida?”, perguntou um rapazinho de 6 anos e três quartos a Neil deGrasse Tyson. Este senhor é o que se chama “um senhor”. É um astrofísico e divulgador científico (há pouco tempo apresentou a nova edição do programa Cosmos na TV). É provavelmente uma referência e tão inspirador como Carl Sagan para as gerações anteriores.

Voltando ao sentido da vida, um rapazinho provocou-o com essa pergunta (provavelmente ensinado) e o resultado está no vídeo abaixo (de má qualidade mas suficientemente boa para perceber e encantarmo-nos com a resposta).

Neil defende que o sentido da vida não se procura. Cria-se. Que está ao alcance das nossas mãos todos os dias e que ao mantermos o estado de curiosidade pela vida estamos a criar o sentido da vida. Veja o vídeo. 🙂

FERRAMENTAS

O que faço quando está tudo a cair?

Se me perguntarem o que é mais importante para mim quando está tudo a cair ao mesmo tempo e eu estou atolada em projetos, telefonemas e emails, os MEUS três “essenciais” (são os meus mas posso emprestar)...

read more

Para conduzir o dia (e a vida)

“Quando não conduzimos o nosso dia, ele conduz-nos a nós.” Tenho muito esta frase do Jim Rohn presente no meu dia-a-dia pois reconheço pessoalmente a dificuldade de conduzir o dia para viver a vida que...

read more

AO COMANDO DA OBJETIVO LUA

Ana Relvas, Ph.D & Consultora de Desempenho

Ana Relvas é a propulsora da Objetivo Lua, projeto que cresceu da sua vontade em ajudar outros a concretizarem o seu potencial e foi construído sobre uma carreira de mais de 10 anos como Gestora e Engenheira Aeroespacial.

É esta experiência que, aliada à formação como Coach e Master Practitioner em Programação Neurolinguística, permite entender os desafios profissionais atuais e desenhar programa para cada pessoa, equipa ou empresa.

 

 

 

Soluções   Cursos   Recursos
Quem Somos   Blog   Contactos

 

 

 

Copyright © 2018 Objetivo Lua. Todos os direitos reservados. Powered by Business Config.

0