Tempo de Leitura: 4 minutos

Um estudo de 2012 refere que em média passamos 28% do nosso dia de trabalho a lidar com o email. Isso são pelo menos 11 horas da nossa semana. Imagino que tendo em conta a diversidade de intervenientes e assuntos que um diretor de obra tem de gerir, este tempo por vezes possa até ser maior.

Mas principalmente, o diretor de obra tem de ser capaz de dar resposta a emails e fazer seguimento de assuntos, interagindo com pessoas que estão igualmente imersas em muitas grandes e pequenas coisas para tratar.

O resultado? Não ter resposta. Ou ter respostas incompletas. Ou ter respostas pouco claras. Ou que os compromissos não sejam cumpridos nos prazos desejados.

É essencial conseguir garantir que tem as respostas que precisa e consegue dar seguimento a assuntos em falta (por exemplo fazer seguimento se não teve informação/resposta que precisava até uma determinada data) sem isso lhe trazer trabalho adicional ou ocupar espaço mental.

Tudo isto ao mesmo tempo que dá resposta a muitas outras coisas, muitas vezes a correr de um lado para o outro e a depender do telemóvel para fazer tudo isso.

Vou partilhar consigo duas maneiras de comunicar de um modo mais efetivo por email. Uma tem de ver com o modo COMO ESCREVE os emails e a outra como tirar partido da TECNOLOGIA.

Torne a escrita do email mais efetiva e clara usando o campo assunto

O campo do assunto do email é um dos campos que tenho visto mais mal usado e que, se bem usado, aumenta a probabilidade dos emails serem abertos, lidos e reduz o tempo de resposta.

Tire partido deste campo para chamar a atenção do destinatário, ajudá-lo a filtrar as mensagens e clarificar o propósito.

Lembre-se que os outros estão também ocupados e com uma janela de atenção limitada por outras solicitações.

Uma das estratégias com maior impacto é escrever no assunto do email o prazo e o objetivo que pretende, por exemplo:

[até 5 out] inscreva-se no programa de treino para diretores de obra

 

[até 30 de setembro] orçamento para carpintaria

 

Mude o assunto se estiver a responder ou a encaminhar um email com um novo assunto. O assunto deve refletir o propósito do email e não de emails trocados anteriormente. Ao usar o assunto de um email antigo cujo tema já está resolvido, corre o risco da outra pessoa não lhe dar a prioridade devida.

Escreva assuntos que o ajudem a processar as respostas. Por exemplo, se pede orçamentos a várias empresas e usa o assunto “orçamento para carpintaria”, vai ter respostas de várias empresas com o mesmo título. Pode enviar para cada empresa um email com o nome da empresa e também com mais informação sobre a sua:

[até 30 de setembro] orçamento para carpintaria para Objetivo Lua (Carpinteiros XPTO)

 

Mais abaixo, como bónus, vou mostrar-lhe como enviar emails personalizados para uma lista só clicando num botão (ou seja, sem ter de estar a criar um email novo para cada fornecedor, pode enviar um email em que no assunto aparece o nome do fornecedor).

Envie um email por assunto o que aumenta a probabilidade de ter resposta e reduzir o tempo de resposta.

Isto é especialmente importante se os assuntos têm tempos de resposta diferentes e/ou são sobre informação distinta.

Por exemplo, em vez de enviar um email a pedir confirmação de disponibilidade para uma reunião e esclarecimentos sobre o estado de uma subempreitada, envie um email com o pedido de confirmação da disponibilidade para a reunião e outro email com o pedido de esclarecimentos.

Escrever dois emails vai facilitar a vida ao seu interlocutor que não ficará à espera de ter toda a informação para responder.

Vai também tornar a sua vida mais simples pois será mais fácil identificar as respostas. Pode parecer que dá mais trabalho mas é só uma ilusão.

Tire partido da tecnologia para saber quando não tem resposta

Imagine que para fazer o seu trabalho amanhã precisa de resposta a um email que enviou há uma semana. Com tanta informação para gerir é provável que não se lembre de fazer seguimento desse tema até ao momento em vai agarrar nesse trabalho e descobre que afinal não teve a resposta que precisava.

Imagine que era possível hoje ter um alerta no seu email indicando-lhe que não teve resposta a esse email. Imagine também que esse alerta não aparece se a pessoa lhe responder.

Ajuda, não?

Há várias estratégias para fazer isto, quer use Outlook ou Gmail, no computador ou no telemóvel, mas a mais simples e que funciona para os dois é um suplemento que se chama boomerang.

Boomerang para Outlook

Boomerang para Gmail

Tem um custo de $4.99/mês mas hoje em dia precisamos de nos deixar de procurar soluções grátis que não resolvem totalmente o nosso problema e investir em soluções que nos facilitem a vida. Tempo e resultados são dinheiro!

Além disso, o Boomerang tem outras funcionalidades que podem ser úteis como agendar a hora de saída de um email, parar de receber emails durante um período de tempo quando quer mesmo desligar ou saber se o email foi lido.

Cruzando o assunto bem escrito e o alerta com o Boomerang contribuí para ter um maior controlo do prazo da resposta (ou da falta dela).

Foi útil? Isto é a ponta do iceberg. Pode aprofundar estes temas e adquirir novas ferramentas de gestão de tempo e comunicação específicas para diretores de obra no programa de treino online semanal.

Veja mais sobre este programa online aqui.

BÓNUS: Envie emails personalizados para uma lista automaticamente

Imagine que tem uma informação mais ou menos semelhante que precisa de enviar por email a uma lista de contactos. Por exemplo,

  • Precisa de enviar faturas ou mapas de adicionais a vários clientes (o texto do email é semelhante, varia o nome do destinatário, talvez algum texto e o ficheiro que anexa);
  • Precisa de enviar pedidos de orçamentos a fornecedores (e quer colocar no assunto do email o nome do fornecedor);

Imagine que podia ter uma lista num Excel onde colocava o nome do destinatário, o endereço de email, até mais alguma informação específica no texto como o valor a pagar e a localização do ficheiro que quer anexar. E depois clicava num botão e um email diferente era enviado para cada um dos destinatários. Útil, não?

Isto faz-se usando uma funcionalidade chamada Mail Merge.

Para o fazer com o Outlook, precisa de

  • criar a lista dos destinatários no Excel
  • escrever o texto do email no Word
  • e usar a funcionalidade de mail merge no Word.

Na prática usa o Outlook mas não entra no Outlook para fazer isto. Encontra aqui um vídeo a mostrar como se faz. Com o Outlook não pode enviar anexos. A solução é colocar os ficheiros na nuvem (por exemplo no Google Drive) e colocar no texto do email o link para o ficheiro.

Para fazer isto no Gmail pode usar um suplemento do GoogleSheets. Eu uso vários mas o mais simples é o YAMM que permite enviar 50 emails grátis por dia e anexar documentos personalizados.

Como fazer?

  • Num documento do Google Sheets instala o suplemento yamm (faz isto num documento mas fica disponível em todos). Vá a SUPLEMENTOS no menu e escolha OBTER SUPLEMENTO. Procure por yamm.
  • Cria uma folha com os contactos e informação que quer introduzir no email. Se quiser anexar um ficheiro, deve colocar os documentos na Google Drive e colar o link para o documento numa coluna (aqui explica como inserir anexos).
  • Escreve o email no Gmail chamando o conteúdo da coluna que quer incluir entre chavetas, por exemplo {{Nome}}.
  • No Google Sheets, usando o yamm, envia os emails.

Se quiser criar documentos personalizados em pdf com base na informação do Google Sheet e enviá-los por email use o suplemento Document Studio. Tudo ao clicar num botão. A versão grátis permite criar 20 documentos por dia.

Convite: inscreva-se na newsletter SÓ para diretores de obra aqui.

FERRAMENTAS

Liderança em Portugal

Recordo hoje os resultados do questionário que  lancei para recolher informação sobre os comportamentos dos líderes em Portugal. Queria verificar se a realidade de outros países, em que os líderes têm...

read more

AO COMANDO DA OBJETIVO LUA

Ana Relvas, Ph.D & Consultora de Desempenho

Ana Relvas é a propulsora da Objetivo Lua, projeto que cresceu da sua vontade em ajudar outros a concretizarem o seu potencial e foi construído sobre uma carreira de mais de 10 anos como Gestora e Engenheira Aeroespacial.

É esta experiência que, aliada à formação como Coach e Master Practitioner em Programação Neurolinguística, permite entender os desafios profissionais atuais e desenhar programa para cada pessoa, equipa ou empresa.

 

 

 

Soluções   Cursos   Recursos
Quem Somos   Blog   Contactos

 

 

 

Copyright © 2018 Objetivo Lua. Todos os direitos reservados. Powered by Business Config.

0