Tempo de Leitura: 2 minutos

Há alguns anos comecei a sentir muito desconforto na garganta quando chegavam os meses do outono-inverno. O desconforto, tosse e às vezes dificuldade em falar eram um problema principalmente porque vivo de falar. 😊

Os exames às alergias identificaram as alergias normais aos bicharocos e algumas plantas, mas tão inespecíficos que não podia evitar.

Comecei a investigar para tentar perceber quais as causas do meu ambiente que podia transformar e percebi que isto acontecia principalmente quando ligava o aquecimento em casa. Descobri informação que sugeria que a causa era o ar secar e que podia fazer algo sem passar frio.

Assim, hoje em dia tenho um pequeno humidificador no quarto e fez toda a diferença. Ligo-o duas a quatro horas ao início da noite e tendo a desliga-lo quando vou dormir mas podia ficar ligado durante a noite. E deixei de acordar com a garganta irritada!

Este tipo de equipamento compra-se em várias lojas de eletrodomésticos e nas farmácias. Os aspetos a tive em conta na compra foram:

  • Nível de ruído baixo;
  • Ser suficientemente pequeno para não ocupar muito espaço, mas não demasiado pequeno para que tenha de andar sempre a por água (tipicamente as especificações indicam o tempo que o humidificador pode estar a funcionar sem colocar água).
  • Ser fácil de encher com água;
  • Não precisar de muita manutenção/limpeza.

Notava também que bebia água para aliviar os sintomas o que ajudava no imediato, mas rapidamente o desconforto voltava. Experimentei começar a beber água morna e notei que a sensação de alívio se mantém. Hoje em dia tenho uma garrafa térmica de um litro e meio que de manhã encho mais ou menos um terço com água a ferver e o resto com água fria. Ao longo do dia vou despejando para uma garrafa térmica mais pequena e vou bebendo.

Estas duas estratégias fizeram mesmo diferença na minha vida e como nas últimas semanas tenho falado com várias pessoas a queixarem-se dos mesmos problemas resolvi partilhá-las como ferramentas do mês. 😊

FERRAMENTAS

10 dicas curtas para sobreviver ao email

10 dicas curtas para sobreviver ao email

(1) Se responde ao email imediatamente, está a treinar as pessoas a esperarem que responda imediatamente. (2) A pior altura para tratar do email é quando recebe um email. (3) Se uma mensagem fosse realmente...

read more
Agenda dos próximos cursos abertos

Agenda dos próximos cursos abertos

  Cursos em parceria com a Ordem dos Engenheiros Gestão eficaz de pessoas para o Engenheiro-Gestor 26 de outubro, 2 e 9 de novembro de 2022 (Quartas-feiras) Horário laboral: 9:30 às 12:30 (hora de Lisboa) Horário pós-laboral: 19:00 às 22:00 (hora de Lisboa)...

read more

AO COMANDO DA OBJETIVO LUA

Ana Relvas, Ph.D & Consultora de Desempenho

Ana Relvas é a propulsora da Objetivo Lua, projeto que cresceu da sua vontade em ajudar outros a concretizarem o seu potencial e foi construído sobre uma carreira de mais de 10 anos como Gestora e Engenheira Aeroespacial.

É esta experiência que, aliada à formação como Coach e Master Practitioner em Programação Neurolinguística, permite entender os desafios profissionais atuais e desenhar programa para cada pessoa, equipa ou empresa.

 

 

 

Soluções   Cursos   Recursos
Quem Somos   Blog   Contactos

 

 

 

Copyright © 2018 Objetivo Lua. Todos os direitos reservados. Powered by Business Config.