Viver em países diferentes do nosso abre-nos os horizontes para novos costumes, ideias, formas de trabalhar e perspectivas diferentes que nos fazem questionar a forma como sempre fizemos certas e aquilo que encaramos como “normal”. Já a caminhar para 8 anos a viver no estrangeiro, e tendo passado por 3 continentes diferentes, a Rute partilha algumas reflexões sobre esta experiência de emigrante, com especial foco na realidade (urbana) Americana vs. Portuguesa.

Segue-nos nas redes sociais: LinkedIn | Twitter | Facebook

0